Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Enquete
Gostou do Site Um Passo?
Sim, ele é ótimo!
Sim, ele é bom!
Não, ele é ruim!
Não, ele é péssimo!
Ver Resultados

Rating: 2.8/5 (600 votos)

ONLINE
4




Partilhe este Site...

Um passo

  

Create your own banner at mybannermaker.com!

   

 

    

  

      Maceió - Alagoas

            Visite-nos!

     

 


OS 11 TIPOS DE AMOR
OS 11 TIPOS DE AMOR

OS 11 TIPOS DE AMOR
 

Poucas pessoas sabem, mas existem vários tipos de amor, e deixarei aqui, todos que acredito que existem (pode até ser que existam mais alguns tipos de amor), mas, pelo menos, em meus estudos foram estes que encontrei e que pude compreender suas diferenças... Tudo surgiu num simples conceito, amar! Pois quem sabe amar, sabe viver, e saber viver é saber amar...
Para todos é preciso conhecer o amor, afinal, é a partir do amor que realmente aprendemos a viver...
 
Wilvo Leite
 
OS 11 TIPOS DE AMOR:

1º: AMOR STORGÉ - FRATERNAL:
É o primeiro tipo de amor que o ser humano se depara, é no nosso seio familiar que começamos a saber e ver o que é o amor... Nossos pais, irmãos, enfim, todos os familiares... é este tipo de amor o que conhecemos mais, e o que muitos pensam que só existe este (Amor? Só de mãe), quem diz esta frase com certeza não sabe o que é o amor, e muito menos amar... Deve-se compreender que o amor é maravilhoso e infinito, o amor é vida! Deus é amor! Lembra?

2º: AMOR "NARCISÍSTICO" (AMOR PRÓPRIO):
Logo depois do primeiro amor, começamos a nos conhecer, e, com ele, a nos amar! Claro que muitas pessoas não se amam, mas muitas pessoas também exageram, e acabam se tornando " Narcisístico ", onde busca tudo pra ele, a vida tem que girar em torno dele, ele é o mais perfeito, o mais forte, o mais inteligente... o ser dotado de perfeitas qualidades, é um ser ALTAMENTE ARROGANTE E VAIDOSO! Por isso deve-se ter bastante cuidado com este tipo de amor.

3º: AMOR PLATÔNICO (PAIXÃO):
Quando temos uma boa base dos dois amores primeiros, nos tornamos pessoas mais "dóceis", e suscetíveis a paixões! O amor Platônico seria aquele voraz, assemelha-se com outros tipos de amor, mas não passa de uma "doce" fantasia! Paixão é limitada, em alguns casos se perpetuam, mas em geral não passam de uma "fogo de palha", coisa de momento... um sentimento altamente perigoso (Não devemos nos entregar as paixões, isso quer dizer que tudo passa, e podemos nos arrepender). Na paixão damos pouco espaço a razão, nos tornamos seres altamente sentimentais, sensíveis, que para muitos daria o nome patético, mas se apaixonar não é patético, patético é não saber se apaixonar, é deixar que ela se torne maior que nossa razão, e pior, se torne mais importante que os verdadeiros sentimentos! Muitas pessoas caem nas paixões, e esquece que paixão é um sentimento bom, mas que deve saber usar a razão para que não seja vilão de si mesmo posteriormente.

4º: AMOR EROS:
Amor entre homem mulher, pessoas do mesmo sexo estão presos ao terceiro tipo de amor, este por sua vez, é algo altamente normal entre casais, o problema é que muitos vivem em função dele, é aí que mora o problema, muitos até usam este tipo de amor para satisfazer o segundo e o terceiro tipo de amor. Este amor é uma espécie de base dos relacionamentos matrimoniais, claro que muitos amores estão envolvidos neste, inclusive o primeiro, mas o amor Eros é tentador! Quantos no mundo nem se dão conta que o que sentem não passa de um sentimento "Afrodisíaco", que no geral, nem sabem por que sente exclusivamente só por aquela pessoa, o amor Eros é muito especial, mas, que deve ter muito cuidado com ele. (Não se entregar aos prazeres da carne), este é um dos conselhos bíblicos que refere-se ao amor Eros.

5º: AMOR ÁGAPE -
DE DEUS AO HOMEM, DO HOMEM A DEUS: (ESPIRITUALIDADE):
Este tipo de amor é LIBERTADOR, é conhecendo verdadeiramente este amor, que conhecemos os outros tipos de amor... (Amarás a Deus de todo o teu coração), eis um mandamento, e, por mais que este pareça com o amor fraternal, nem de longe se parece, pois nunca, nenhum familiar nos amará mais que Deus, nem nunca amaremos alguém mais que a Deus! Bem sabemos que muitos quando perdem algum familiar ou possuem algum problema colocam a culpa em Deus, brigam com Deus, desacreditam em Deus, e uma série de coisas que nem é bom falar aqui, mas, quem faz isso não ama a Deus, não o conhece! Este é o mais puro e verdadeiro amor, nada se compara a este amor.

6º: AMOR FILOS:
Também chamo este tipo de amor, de AMOR Cristão, este é o amor a todos sem olhar a quem, é o amor sem distinção de cor, raça, etnia, sem qualquer tipo de preconceito, não é o amor fraternal mesmo parecendo muito, nem de longe é Narcisístico, também não é platônico nem muito menos é do tipo Eros, ele na verdade é fruto do quinto amor, que diz (Amar a Deus sobre todas as coisas [quinto amor] e ao próximo como a ti mesmo [lembra o segundo tipo de amor, mas na verdade é seguir um mandamento, que por sua vez se transforma no amor Cristão]. Este tipo de amor ama a todos, independente de ser conhecido ou não, todos de forma igual, mas, devemos entender que este não é um amor fraternal, pois até mesmo por nível de intimidade, se disséssemos que seria fraternal, seria hipocrisia, pois como seria fraternal se amamos mais os de casa? Amos todos os irmãos de forma igualitária, mas, este tipo de amor mesmo parecendo complexo, devemos entender que devemos amar a todos, e ver a todos de forma igual, e, quantos não pecam este mandamento?

7º: AMOR A VIDA:
Seria um pecado amar a vida? Não, o pecado é pensar que nunca vai morrer, é viver para o mundo, com tudo que o mundo oferece. “Que aproveita ao homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma?” Marcos 8:36: Este é um ótimo exemplo deste tipo de amor! Devemos viver para Cristo! Devemos saber o que bem disse em Mateus 16:25 : "Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á". Devemos entender que amar o mundo não nos levará a tão longe, até mesmo por que deixaremos tudo aqui, afinal, somos limitados...

8º: AMOR AOS ANIMAIS:
Não é pecado amar os animais, pecado é colocar nele algum dos tipo de amores neles... não é raro ver pessoas tendo cachorros ou gatos como membros da família (amor fraternal), e nem quero colocar exemplos aqui que seriam chocantes. Mas devemos amar os animais, são criaturas lindas que Deus criou, claro que devemos ter cuidado com este tipo de amor, só devemos lembrar que eles são animais, e não pessoas.

9º: AMOR AS PLANTAS:
Quem não gosta de flores? Orquídeas? árvores? das plantas em geral? Perceba que nós cuidamos das plantas como cuidamos de crianças... Buscamos dar todo cuidado, muitos conversam com plantas... Nesta relação toda de afeto, o amor vem com toda força, só que um problema surge, estaremos fazendo isso da forma correta? O cuidado que devemos ter ao amar as plantas é semelhante ao amor aos animais... só que neste caso, quem ama as plantas (não que não se deva amar), mas que conversa, quem cuida exageradamente, geralmente teve algum problema em um dos tipos de amor, e, inclusive, criar plantas dar infinitos menos trabalho que se dedicar a amar pessoas ou mesmo animais... Seria um amor mais cômodo. O problema que gira em todo de quase todos é o não saber amar!

10º AMOR AOS OBJETOS:
Quanto mais tecnológico, mais perigoso, e mais notável este tipo de amor se torna! Quantas pessoas não amam seus veículos (carros, motos), mas quantos não já morreram tentando salvá-los em assaltos? Tem gente que tem uma relação muito íntima com seus computadores... Ou que falar então da geladeira e do fogão? Tem outras pessoas que não desgrudam da TV, já outros amam seus guarda roupas! Tudo objetos... tudo coisas que servem para nos servir, para nos ajudar, mas muitos, com suas carências de conhecimento de amor, acabam amando objetos, inclusive muitas pessoas veem outras pessoas como objetos, e as tratam como objetos... deficiência de amor, deficiência de amar, vida escassa e precária de vida, se é que se pode chamar isso de vida! Este tipo de amor é o mais superficial dos amores, mas muitos amam intensamente... amam seus objetos loucamente, a exemplo disso estão os colecionadores (Claro, colecionadores de objetos), esquecem que morrerão e deixarão tudo. Amar objetos é o pior tipo de amor, não por que é errado amar, mas por que estará amando de forma errada!

11º AMOR CÓSMICO:
Este amor é mais complexo, se assemelha bastante com o 5º tipo de amor, o amor do homem a Deus, seria um amor ao universo, a tudo que existe, como uma forma de agradecimento a Deus pelo sol, estrelas, planetas, enfim, universo! Muitos ateus possuem este tipo de amor de forma mais intensa, pois atribuem ao "universo" a criação de tudo, e não a Deus como Criador de Tudo! Seria uma "espiritualidade sem Deus", complicado? Sim, realmente o não conhecimento a Deus leva a estas coisas, atribuir criação sem criador! Vai entender! Mas o fato é que muitos amam o universo, possuem este amor "cósmico", e até são pessoas aparentemente boas... são pessoas que cuidam de tudo, para elas, somos parte do todo, somos plantas, animais, estrelas, somos todos uma coisa só! Existe um fundo de verdade, pois somos todos criaturas de um mesmo criador, a confusão surge quando começamos a confundir tudo, como se tudo fosse uma coisa só, e, para os seguidores desta tese (amor cósmico), a homossexualidade é absolutamente normal, afinal todos somos um! Seria esta a vontade de Deus?

Volto a afirmar, devemos aprender a amar, se quisermos aprender a viver!

Wilvo Leite

(“Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial destas obras sem a devida permissão do autor!”).

 (Direitos Autorais Reservados a Wilvo Leite)