Sites Grátis no Comunidades.net
Translate to English Translate to Spanish Translate to French Translate to German Translate to Italian Translate to Russian Translate to Chinese Translate to Japanese
Enquete
Gostou do Site Um Passo?
Sim, ele é ótimo!
Sim, ele é bom!
Não, ele é ruim!
Não, ele é péssimo!
Ver Resultados

Rating: 2.8/5 (592 votos)

ONLINE
1




Partilhe este Site...

Um passo

  

Create your own banner at mybannermaker.com!

   

 

    

  

      Maceió - Alagoas

            Visite-nos!

     

 


Elementos Fundamentais
Elementos Fundamentais

Elementos Fundamentais


Sou da linha dos que defendem a tríade, onde tudo, ou quase tudo, são formados por três elementos, porém, em se tratando de essência humana, são quatro, não exatamente do que é formado, mas para que este possa viver e ter uma vida mais próxima da "plenitude", paz, são quatro fatores que o ser humano tenta, consciente ou inconscientemente suprí-las, e, caso uma entre em decadência, pode, em quase 100% dos casos, derrubar os outros três, como se fosse um efeito dominó.

São elas: Espiritualidade, Afetividade, Financeira e Saúde.

A Espiritualidade:

                       

Todo ser humano, desde o mais "civilizado" ao que se encontra nas mais remotas tribos que se possam existir, terá o seu lado que necessitará da presença de "um Ser Superior", muitos procurarão a religião, outros alguma filosofia, mas todos sabem, que é limitado, e, junto a outros tentam suprir as suas mais profundas necessidades, de uma forma ou de outra.

 

Porém muitos confundem, e fazem da religião um motivo de orgulho e superioridade, que passam longe do real sentido de humildade e verdadeira fé. Outros também, pensam, que só tem religião os "otários" e "alienados", ledo engano, a fé ensina muito mais do que a existência de Um Ser Superior, mas nos ensina a sermos verdadeiramente humildes, amando toda e qualquer espécie, amando e respeitando todas as pessoas, independente de cor, raça, crença, fé, sexo ou qualquer outra coisa que seja motivo de diferença.

Com a Espiritualidade o ser humano aprende a sair do tão destrutivo mundo consumista, e começa a ver os reais valores, onde se busca não a igualdade, mas o respeito, pois não precisamos ser iguais para sermos amados, homens e mulheres não precisam ser iguais, brancos e pretos, azuis e amarelos, sonhos e objetivos, temos que ser e ter diferenças, isso faz parte da própria existência, pois é a falta de alimentos em nosso corpo que faz com que tenhamos vontade de obtermos algo para nos alimentar, sendo assim, é somente com a real espiritualidade que poderemos suprir a necessidade da nossa existência, que antes disso simplesmente não existimos e nos sentimos vagar vaziamente! A Espiritualidade nos completa e nos difere dos animais!

Finanças:

O Dinheiro, não é nenhum vilão, na verdade nos ensina a dar valor as coisas, faz com que lutemos e trabalhemos pesado para alcançar nossos objetivos, ter dinheiro é constantemente confundido com ter poder, e muita gente faz loucuras por isso, muitos perdem a vida até.

Mas, o caso aqui não é o dinheiro como poder, mas colocá-lo no ser real "lugar", o sustento, suprir as nossas reais necessidades, fazendo com que possamos ter melhor qualidade de vida, alcançando assim a saúde, ou, na falta, buscando métodos para "curá-los", mas dinheiro não cura, ele apenas compra, e ninguém comprará felicidade.

Muita gente perde a saúde para conseguir, e depois gasta tudo para ter de volta a saúde! Devemos ter em mente que precisamos colocar limites, para que não caiamos na cilada do quanto mais tenho mais quero.

Primeiro querendo ser rico, depois querendo ser o mais rico, depois querendo ter a vida eterna, e isso, só um pode dar, e só um caminho ensina, a espiritualidade!

A Afetividade:

 

O Lado afetivo do ser humano, se inicia na infância com os nossos pais, porém só se expressam mesmo na fase adulta, antes disso é só intuitiva e egocêntrica, se expressa de duas maneiras, consciente e inconsciente, tanto na forma de simplesmente desejar se aventurar, conhecer novas pessoas ou então pelo simples fato de querer ter alguém, que ao longo do tempo se torna ainda mais essa evidente necessidade.

Nenhum ser humano, em sã consciência, dirá que não precisa de ninguém para ser feliz, que é alto suficiente e que pode ele mesmo formar uma família e um lar verdadeiramente feliz, o outro é uma parte que sempre procuraremos, até encontrá-lo.

Se apaixonar, amar, sentir falta ou desejos, são apenas expressões inconscientes do nosso real desejo, o outro, sempre estará nos nossos desejos, pois amaremos e nos apaixonaremos durante a nossa vida toda, por várias pessoas, ainda que não admitamos isso! Mas só uma poderá de fato suprir e juntos chegar ao "simples" seguir da vida, Como disse: “Nenhum ser humano será verdadeiramente feliz, se não encontrar um verdadeiro amor, amor recíproco não é um sonho, é na verdade uma necessidade humana, ninguém amará só por amar, todos desejam ser na verdade amados, e não simplesmente amar desinteressadamente!”.

 

O desejo do outro e de construir uma família é tão forte e inconsciente, que até quando parece o fim, quando algum ser humano tende a homossexualidade, este ainda sim que formar um lar tão “normal” como qualquer outro.

Ou seja, não há escapatória, tentar fugir disso é ir de encontro a própria natureza, pois todo ser nasce para se reproduzir ou cuidar de outro de outra espécie, temos isso também  dentro de nós! É algo puramente instinto maternal ou paternal! Temos dentro de nós o instinto cuidador, aquele que gosta de ver o outro crescer, ainda que animais.

 

A Saúde:

Com ela conseguimos ter força e animo para fazer tudo, ou quase tudo que quisermos, praticar a espiritualidade, obter dinheiro ou melhor poder aquisitivo, obter uma família, e, assim fechar um ciclo!

A saúde nos permite ter forças para que possamos viver, a saúde é qualidade de vida, ter saúde é mais que um objetivo, é uma necessidade que deve ser buscada e alcançada!

Como alguém que tem sérios problemas de saúde ter a mesma chance de uma pessoa saudável? Como alguém fraco terá vantagem sobre um forte? Aí começa a entrar em outro fator, o milagre, e isso é outra história!

Conclusão: Assim, podemos enfim dizer que, se uma pessoa não tiver estes quatro elementos “básicos” e fundamentais, dificilmente, na verdade raramente, dirá que é feliz, isso se o fator espiritual estiver em alta, o fator espiritual, mesmo que este não tenha saúde, dinheiro e viva “sozinho”, ainda sim dirá, “eu sou feliz!”, mas não conseguirá viver sem ele!.

Os outros três elementos, Afetivo, financeiro e saúde estarão sempre interligados, um se sobrepondo ao outro, estando sempre querendo ter um para ter o outro, por exemplo:

Quer Espiritual para obter x Saúde, Dinheiro, Família!

Quer Espiritual para obter x Nada terreno!

Quer Saúde para obter x Dinheiro.

Quer Dinheiro para obter x Família.

Quer Família para usufruir os quatro!

 

Assim, podemos ter o seguinte quadro:

 

(“Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial destas obras sem a devida permissão do autor!”).

 

(Direitos Autorais Reservados a Wilvo Leite)